Agentes penitenciários revelam situação preocupante

0
173

O agente penitenciário, Weslei Claiton, fez o uso da tribuna da Câmara de Vereadores de Ituiutaba, para revelar uma situação que preocupou os presentes à reunião desta segunda-feira, 18.
Na oportunidade, o agente, acompanhado de diversos representantes do setor, informou que há um projeto do governo do estado para o fechamento dos presídios das cidades de Santa Vitória, Capinópolis e até o de Canápolis.
Segundo o convidado, os presos dessas cidades seriam transferidos para o Presídio Helena Maria da Conceição, localizado na cidade de Ituiutaba.
A situação casou o espanto dos demais participantes da reunião, já que o presídio de Ituiutaba já estaria com a sua capacidade de ocupação além do que é esperado.
Além disso, de acordo com o que foi informado pelo convidado para os esclarecimentos, diversos agentes também ficariam sem emprego, por conta do fechamento das referidas unidades prisionais.
Durante a reunião, foi lida uma carta aberta sobre o sistema prisional da região.
“Agradeço aos presentes pela oportunidade de mostrar um raio x de nosso sistema prisional. O presídio de Ituiutaba conta com 70 agentes penitenciários, sendo que desses, trinta contratados e quarenta efetivos, com a custódia de na média cerca de 270 presos, com mais de 70% de superlotação. O presídio de Capinópolis, com 20 agentes, com a custódia na média de 50 presos, e mais de 30% de superlotação. O presídio de Santa Vitória, com 15 agentes penitenciários, atuam com a custódia de na média de 70 presos, com mais de 50% de superlotação. Com a rescisão contratual do governo, os presídios seriam fechados, e mais de 50 pais de família serão colocados na rua, e os presos desses locais, em sua maioria, viriam para Ituiutaba, onde serão mais 150 criminosos no presídio da cidade, sem contar os familiares dessas pessoas que terão que se deslocar para a cidade para a visitação dos presos, não havendo mais profissionais suficientes para atender com segurança aos detentos e suas demandas sociais”, disse Weslei.
Os vereadores presentes na reunião sugeriram que fosse organizada uma comissão, para buscar junto ao governo do estado e lideranças políticas uma solução para esse impasse que, segundo os vereadores, prejudicaria a cidade, causando uma sensação de insegurança geral na região.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here