Fabricante de máquinas agrícolas reporta queda no lucro líquido

0
561

A fabricante de máquinas agrícolas norte-americana Deere & Company reportou na sexta-feira, 20, um lucro líquido de US$ 495,4 milhões (US$ 1,56 por ação) no 2º trimestre fiscal, encerrado em 30 de abril. O resultado representa queda de 28,25% em relação ao registrado no mesmo período do ano passado (US$ 690,5 milhões, ou US$ 2,03 por ação). Analistas consultados pelo FactSet Research Systems estimavam US$ 1,48/ação.

Já no primeiro semestre do ano fiscal, o lucro líquido ficou em US$ 749,8 milhões, equivalente a US$ 2,36 por ação, 30,38% inferior aos US$ 1,077 bilhões (US$ 3,14/ação) reportados nos seis primeiros meses do ano passado.

No trimestre, a receita somou US$ 7,875 bilhões, 3,6% abaixo do apurado no ano passado. No acumulado do semestre, o resultado de US$ 13,40 bilhões é 7,9% inferior ante os US$ 14,55 bilhões relatados no mesmo período do ciclo anterior.

“Nosso resultado do 2º trimestre refletiu o contínuo impacto provocado pela retração da economia rural global, além do enfraquecimento do setor de construção”, explicou Samuel R. Allen, CEO da Deere & Company. “Diante do cenário desafiador, tivemos uma sólida execução do plano de operação, aproveitando o amplo portfólio e criando uma estrutura de custos mais flexível.

“Considerando-se apenas a região composta por Estados Unidos e Canadá, as vendas diminuíram 6% no trimestre. A receita com o segmento de agricultura e jardinagem se manteve praticamente estável, com US$ 5,742 bilhões, enquanto a divisão de máquinas de construção e florestais teve queda de 16%, para US$ 1,365 bilhão.

Segundo a Deere, a receita líquida da empresa deve alcançar US$ 1,2 bilhão no ano fiscal, com recuo de 9% nas vendas.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here