Seminário em Araxá promove união e troca de experiência

0
Foto: Ascon/CâmaraUberlândia

O 1º Seminário de Câmaras Municipais do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba – Legislativo na Perspectivas dos Novos Tempos, que aconteceu na cidade de Araxá nos dias 14 e 15 deste mês, teve como objetivos principais, a união das forças políticas, a interação entre as casas legislativas, o fortalecimento político regional e a capacitação dos agentes públicos para lidar com situações que envolvam questões jurídicas e o avanço das mídias sociais na política.
A proposta de realização deste seminário surgiu durante uma reunião onde estiveram presentes os presidentes das câmaras municipais de Ituiutaba, Odeemes Braz dos Santos; de Uberlândia, Alexandre Nogueira; de Araxá, Fabiano dos Santos Cunha; de Uberaba, Luiz Dutra e de Patos de Minas, Francisco Frechiani, que ficaram responsáveis pela organização do evento.
Em seu pronunciamento, durante a cerimônia de abertura, o presidente da Câmara Municipal de Ituiutaba, Odeemes Braz, destacou a importância desta união e troca de experiência entre os vereadores dos 66 municípios do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, uma vez que independente do tamanho das cidades que representam, os problemas e dificuldades enfrentadas são praticamente os mesmos.
“Estamos dando aqui, um primeiro passo muito importante com a realização deste encontro em Araxá. Acredito que plantamos uma semente que se multiplicará com a realização de diversos outros eventos que virão a acontecer em outras cidades da nossa região. Com isso, vamos nos tornar cada vez mais fortes e conseguiremos levar, às esferas estadual e federal, o posicionamento, as demandas e as aspirações do Triângulo Mineiro e do Alto Paranaíba. Se estivermos unidos, nossas vozes serão ouvidas”, afirmou Odeemes Braz.
Rodrigo Maia elogiou a realização evento
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, participou da abertura do evento e destacou o caráter de diplomacia parlamentar do evento. Segundo ele, o intercâmbio é muito positivo quando feito por uma região e promove a troca de experiência de cada um, contribuindo com a integração de projetos.
“Acredito que essa experiência pode se transformar, em conjunto com a Câmara de Deputados, em outras iniciativas desse porte. Podemos fazer um evento denominado de Diplomacia Parlamentar na Câmara Federal em conjunto com as Câmaras Municipais”, avaliou Rodrigo Maia.
O ex-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Dinis Pinheiro, que também compôs a mesa oficial do evento ao lado do deputado federal Rodrigo Maia, defendeu que a região tem um papel fundamental na construção de uma Minas Gerais mais justa e com desenvolvimento
“Muitos aqui disseram que a região pretende ser ouvida depois deste seminário. Mas o Triângulo Mineiro e o Alto Paranaíba não têm que apenas de ser ouvidos. Eles têm é que liderar. Esta é a verdadeira vocação desta região”, disse ele, criticando o descaso com que a região vem sendo tratada pelo governo estadual em diversas áreas, principalmente na área da saúde.
“Somente para Araxá, o governo de Minas deve R$ 4,6 milhões na saúde. E Uberlândia, R$ 31 milhões. Para Uberaba são R$ 21 milhões. Em Patos de Minas o débito já está em R$ 13 milhões. Deve ainda R$ 5 milhões para Ituiutaba e igual valor para Araguari. Isto revela uma falta de compromisso inaceitável com esta região”, afirmou Dinis Pinheiro.
Vereadores destacam os pontos positivos do seminário
Entre os muitos fatores positivos promovidos pelo seminário de Araxá, o presidente da Câmara Municipal, Odeemes Braz e demais vereadores de Ituiutaba que participaram do evento, destacaram o nível das palestras, o elevado grau de conhecimento dos palestrantes e os temas abordados, que na opinião de todos, foram de grande relevância no que diz respeito à atuação legislativa.
“Tivemos uma palestra excelente com o ministro da Justiça, Torquato Jardim, sobre cooperação e justiça. Participamos também de uma palestra com o advogado Alexandre Atheniense, sobre direito digital e internet, que abordou os benefícios e os riscos das novas tecnologias. E, destaco ainda, a presença do desembargador Doogal Andrade, que esteve presente durante todo o seminário e muito contribuiu com sua experiência, dando aos vereadores, a real noção da importância do Poder Legislativo”, disse Odeemes Braz.
Ao final do seminário, as demandas e reivindicações dos municípios foram registradas em um documento que, posteriormente, será encaminhado aos governos do Estado e da Federação. A Carta de Araxá representa, de forma unificada, o levantamento feito pelos vereadores de cada uma das 66 cidades.

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY