Sonho da casa própria tornará realidade em Santa Vitória

0
127

O sonho da casa própria está mais próximo do que muitos cidadãos santa-vitorienses imaginavam. A boa notícia trazida pelo prefeito Salim Curi (PMDB), juntamente com o vice-prefeito Renato José de Paula (PDT), foi recebida pelo presidente de Habitação do Estado de Minas Gerais – COHAB Minas, Alessandro Marques, no gabinete, em Belo Horizonte, para assinarem o protocolo de cooperação com a COHAB Minas / Nº 118/2017 e viabilizarem a construção de novos empreendimentos habitacionais pela COHAB Minas em Santa Vitória.

“Na semana passada, durante viagem à Belo horizonte, levamos ao conhecimento do presidente de Habitação do Estado de Minas Gerais – COHAB Minas, Alessandro Marques, a demanda habitacional realizada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social atendendo uma solicitação da COHAB Minas, para celebrarmos este protocolo e transformarmos, o sonho da casa própria em realidade, para muitos cidadãos santa-vitorienses”, afirmou Salim Curi.

De acordo com Alessandro Marques, por orientação do governador Fernando Pimentel, a COHAB Minas está desenvolvendo vários projetos habitacionais em todo Estado. “Em Santa Vitória, já agendamos a vistoria dos terrenos, onde junto com o prefeito Salim Curi vamos desenvolver a construção de novos empreendimentos habitacionais. Estamos certos de que juntos, através deste programa habitacional de relevante alcance social, poderemos atuar na redução do déficit habitacional em Santa vitória, proporcionando às famílias moradias dignas e melhoria da qualidade de vida”, afirmou Alessandro Marques, lembrando que a COHAB Minas está comprometida com a administração municipal para solucionar os problemas habitacionais de Santa Vitória.

O programa habitacional do governo de Minas já entregou até o momento, 38.554 casas a famílias mineiras de todas as regiões do Estado. Além disso, 195 moradias já encontram-se construídas e prontas para serem entregues, aguardando apenas o término das obras de infraestrutura de responsabilidade das prefeituras municipais.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here