Plataforma Lixo Zero

0

Compostagem e Reciclagem na educação infantil: esse é o exemplo do CEMEI Luiza Maria de Paula, de Santa Vitória.

Essa coluna comemora o dia internacional de combate à desertificação, 17 de junho.

Em uma coluna publicada nesse espaço, no dia 24 de maio e publicado também no blog da Plataforma Ituiutaba Lixo Zero – www.plataformaituiutabalixozero.wordpress.com, contamos a participação da Plataforma Ituiutaba Lixo Zero no evento organizado pela Secretaria Municipal de Educação, com gestoras e professoras das escolas públicas municipais e estaduais de Santa Vitória, a fim de tratar dos assuntos relacionados aos resíduos sólidos nesses estabelecimentos.

Após não mais de duas semanas fomos contatados pelas senhoras Keila de Lima Barbosa e  Marcia Moura, diretora e vice-diretora do Centro Municipal de Educação Infantil Maria de Paula e professora da educação infantil. Elsa nos deram a bela notícia de que haviam iniciado os trabalhos de compostagem e coleta seletiva.

O CEMEI Luiza Maria de Paula, conta com 58 funcionários e sete deles estão envolvidos diretamente na separação das cascas de resíduos orgânicos nas atividades da cozinha, enquanto que 55 estão envolvidos na coleta seletiva dos materiais recicláveis, desenvolvendo uma comunicação com os pais e alunos.

Na sala de aula a vice-diretora que também é professora, Marcia Moura, trabalha com 19 alunos de quatro anos, já no CEMEI Luiza Maria de Paula são por volta de 150 alunos envolvidos nas ações. Segundo, Marcia Moura, as novas atividades fazem os olhos brilhar de quem assiste de perto a transformação acontecer. Ela acrescenta que essa percepção vai além da escola e que, tanto alunos como funcionários estabelecem uma co-relação com os resíduos produzidos em casa, almejando a solução para suas casas também.

RESULTADOS EM DUAS SEMANAS

De recicláveis até agora já foram recolhidos:

32 kg de PET

7,35 kg de ALUMÍNIO

23,20 kg de PAPELÃO

5,85 kg de OUTROS

A Compostagem está de vento em popa: há a separação na cozinha, os resíduos são preparados com a serragem pelos alunos, professores e funcionários, o local foi destinado e recebe a porção diária e em duas semanas foi possível ver a cor escura nos montes de compostagem. Em breve colocarão minhocas.

Além disso, Marcia Moura conseguiu algumas mudas de flores para que sejam plantadas revitalizando o jardim do espaço. O composto certamente será usado para adubá-las.

Marcia Moura ressalta que a dinâmica da equipe é excepcional e que todos se animaram com o desafio. A equipe então começou a perceber os resultados trazendo ainda mais motivação. “A escola toda está envolvida com a compostagem e a coleta seletiva, funcionários, professores, alunos e mais, os pais dos alunos. A satisfação é coletiva.”

O resultado disso é menos resíduos para o lixão e mais riqueza para o solo no combate à desertificação. Estas crianças seguramente terão uma percepção mais clara em relação às necessidades atuais e serão mais preparadas para trazer benefícios para o ambiente em que habitam.

A Plataforma mais uma vez parabeniza a iniciativa da Prefeitura Municipal de Santa Vitória, no nome do prefeito municipal Salim Curi por meio da Secretaria Municipal de Educação, capitaneada pela secretária municipal Francisca Vânia de Oliveira Silva. Agradecimentos especiais à Carlene e a toda a equipe do CEMEI Luiza Maria de Paula, que estão promovendo a transformação aqui e agora de uma maneira simples e eficiente.

 

Faça você também, acesse e saiba como: www.facebook.com/plataformaituiutabalixozero

www.plataformaituiutabalixozero.wordpress.com

COMPARTILHE

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA