Combustível já está mais caro em Ituiutaba após aumento dos impostos

0
135
Foto: Jânio Cláudio/Jornal do Pontal

O governo aumentou o imposto sobre combustíveis e quem vai pagar o pato é o consumidor, que terá que se virar com uma alta de 7% no preço dos combustíveis em geral.
Após a alta de PIS e Cofins nos combustíveis anunciada na quinta-feira, 20, pelo governo, os postos de Ituiutaba já aumentaram o preço na bomba.
Na prática, o PIS/Cofins para a gasolina dobrou, passando de R$ 0,38 para R$ 0,79, para o diesel foi de R$ 0,24 para R$ 0,46 e para o etanol para distribuidor o aumento foi de R$ 0,19. Isso representa uma alta para o consumidor de R$ 0,41 para a gasolina e R$ 0,21 para o diesel. No etanol, a alta poderá chegar a R$ 0,20.De acordo com a equipe econômica, o aumento da tributação sobre os combustíveis irá gerar, durante o restante do ano de 2017, uma receita adicional de R$ 10,4 bilhões para o governo federal.
Com a alta de tributos, o governo quer elevar a sua arrecadação. O objetivo da medida é cumprir a meta fiscal de 2017, fixada em um déficit (despesas maiores que receitas) de R$ 139 bilhões. A conta não inclui as despesas com pagamento de juros da dívida pública.
Em Ituiutaba, no meio da tarde de sexta-feira, 21, os postos fizeram a remarcação de preços e atualizaram as bombas, o que desagradou os consumidores.
“Pagar o dobro do valor do imposto para abastecer com gasolina, por exemplo, faz a gente repensar a utilização do automóvel em nosso deslocamento diário para desempenhar nossas atividades profissionais”, comenta Alex Teixeira, morador do Bairro Junqueira que tem que se deslocar aproximadamente 2 quilômetros para chegar ao seu trabalho.
Para muitos a alta no preço dos combustíveis não veio em boa hora, já que o aumento vem na contramão da crise econômica vivenciada no país.
Especialistas alertam para a possibilidade de que o aumento no preço dos combustíveis possa refletir negativamente na inflação, uma vez que a maioria dos produtos comercializados no país é transportado através de rodovias, o que encareceria o preço final destes produtos para o consumidor final.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here