Festa da realeza…!!!

0

Os sentimentos que mesclam e movem as pessoas, ações, contatos, encontros, afetos,, são controlados pelos deuses do Amor Compartilhado,da Confiança Mútua, da Euforia Natural dos Seres e da Comunicação Recíproca.                                                                                                                                 O centro dos acontecimentos natalinos, gira em torno do nascimento de umREI Poderoso, em Sua plenitude… Um DEUS Verdadeiro, capaz de parar o Universo, em torno daimportância que se reveste a Divindade, tal Sua Magnitude diante de tudo e de todos, e principalmente de Sua simplicidade diante da Realeza. Um REI que não pediu cetro nem coroa; palacete ou mansão. Nunca teve mordomos e nem amos, vestes simples e sandálias… Mas Senhor Absoluto do Universo e da humanidade.Só Ele tem o poder de vida e de morte…Todos se curvam diante Dele...Deus Vivo,presente, participativo e protetor. O único capaz de tanto envolvimento…Um encontro de pessoas com objetivos semelhantes, porém realizados de forma diversa… Uns procuram estar em oração, compartilhando com fatos idos, interpretando o Evangelho, com o pensamento voltado para o Criador. Todos se rejubilam com a magnífica Ceia do Senhor. Alguns se recolhem em reflexão ou não, preferem o isolamento e às vezes até a solidão. Há àqueles que se juntam aos voluntários e realizam o real natal, daqueles anônimos que nada têm e nada pedem.Surpreendem-se com presençaseufóricas… Por incrível que pareça, é também o grande natal dos voluntários que vivenciam a alegria do semelhante. . Uns choram emocionados, outros sorriem e há aqueles absortos no gesto dos “irmãos…” É muito bom sentir-se a satisfação de ser lembrado… Cada um a sua maneira, ergue o pensamento aDeus, relembram familiares distantes e agradecem as benesses… Outros, talvez por ignorância, não sabem que é Natal, e muito menos o seu significado. Quantos deturpam o sentido verdadeiro do Natal… Não comemoram a “vida”… Na Festa da Realeza, não pode faltar muita alegria, o bom humor;impera sempre o respeito, a espontaneidade e muitoaconchego; encontro de famílias, muito aguardado o ano inteiro, e o mais em evidência.  Não se proíbe bebida, as ceias são regadas também, com bom vinho, porém “cachaçada”, grosseria, não cabem na Festa da Realeza… Excesso de álcool assinalam fim de festa, mal estar e decepção… Os famosos “desmancham prazer” responsáveis pelas desarmonias, além do arrependimento pós ressaca; contaminam o ambiente…Papai Noel o Mago do Natal: Fonte de alegria e esperança das crianças: Dá presentes…Jesus é o Aniversariante do dia: O grande homenageado: Dá a Vida… Deu a Sua para salvar a Humanidade…

O desejo sincero de um Feliz e memorável Natal, recheado de muitasaúde, muita alegria e muita paz…

FELIZ NATAL para todos nós!!!Adelaide Pajuaba Nehme

COMPARTILHE

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA