Núcleo dos Sindicatos discute pagamento duplicado de impostos

0
Foto: Edu Santos

Representantes de mais de 20 sindicatos rurais estiveram no último dia 26, em Gurinhatã, em reunião itinerante do Núcleo dos Sindicatos Rurais do Triângulo Mineiro e Alto Parnaíba.

Na oportunidade, o presidente do núcleo, Weber Bernardes, colocou mais uma vez em discussão quanto a polêmica cobrança do Funrural, que para muitos produtores rurais, há duplicidade no pagamento por parte do setor.

Segundo especialistas, a partir da publicação do acórdão todos os produtores rurais e empresas do Agro – independentemente de estarem baseados em decisões temporárias (ajuizadas ou não) – terão de recolher o imposto (Funrural) de 2,3% sobre a receita. Há dúvida se haverá ou não cobrança retroativa sobre os últimos 5 anos, período em que muitos não recolheram o Funrural baseados em decisão provisória do próprio STF.

Durante a reunião ficou definido que será feito um documento e levado para discussão em Assembleia na FAEMG – Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais. “Quero agradecer a todos que se deslocaram até nossa cidade para essa reunião, que é muito importante para que haja sempre um bom entendimento e a busca conjunta por soluções”, disse o presidente do Sindicato Rural de Gurinhatã, Gilson Guimarães.

Os produtores rurais ainda assistiram a uma palestra com Eduardo Pena, presidente da Comissão de Leite da FAEMG, falando sobre o mercado e gestão do leite.

O prefeito de Gurinhatã, Wender Luciano, juntamente com o presidente da Câmara, Edson Rodrigues e vários vereadores, prestigiaram a reunião que aconteceu no Parque de Exposições em Gurinhatã.

COMPARTILHE

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA