STR protocolou pedido de falência da Usina Andrade

0
18615

A crise financeira e o impasse com o pagamento dos salários do corpo de funcionários da Usina Andrade continua sem solução.

Em entrevista ao Jornal do Pontal, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santa Vitoria – STR/SV, Antônio Gomes, relatou que no dia 16 de março, protocolou junto ao fórum de Santa Vitoria, um pedido de falência da Companhia Energética Vale do São Simão (Usina Andrade), que desde outubro de 2016, deixou de cumprir o plano de recuperação judicial com a classe dos credores na seara trabalhista.

O presidente lamenta a situação, pois segundo ele a empresa deixou os trabalhadores em estado de calamidade, sem pagamentos do salário do mês de fevereiro e que no no quinto dia útil de abril estará completando dois meses de salários em atraso, debilitando assim por completo e, extensivamente, o poder de compra dos trabalhadores que estão até mesmo em ponto de escassez financeira, sem condições de manter para suas famílias o alimento que se faz jus e necessário para manter a vida e a saúde. Além disso, Antônio salienta que os colaboradores da empresa estão devendo alugueis, água, luz e os compromissos financeiros em lojas e bancos, contraídos com comprometimento do pagamento de seus salários por parte da usina. “O impacto econômico e social vêm atingindo estas regiões de Santa Vitória, Chaveslândia, São Simão e Paranaiguara. Todo este relatório já foi relatado no Ministério do Trabalho e Emprego – MTE. Tendo em vista que isso já foi cobrado e reportado em anuncio no Jornal do Pontal, no dia 7 de março de deste ano”, disse o presidente.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here